Morre Dom Eduardo Koaik, bispo emérito de Piracicaba

CNBB

 

Morreu na madrugada deste sábado, 25, o bispo emérito da Diocese de Piracicaba (SP), Dom Eduardo Koaik, aos 86 anos. Ele estava internado em estado crítico desde o dia 18, com neoplasia no couro cabeludo e metaplasia de pulmão e hepática. O velório deve começar ao meio-dia deste sábado, com missa na Catedral de Santo Antonio, de Piracicaba. O sepultamento foi marcado para a próxima segunda-feira, às 10h.

Dom Eduardo havia completado 86 anos na última terça-feira, 21. Ele foi o terceiro bispo de Piracicaba. Tomou posse no dia 28 de fevereiro de 1980, como bispo coadjutor com direito à sucessão e Administrador Apostólico “Sede Plena”. Sua posse como titular ocorreu em 11 de janeiro de 1984.

No dia 15 de maio de 2002, a Santa Sé aceitou sua renúncia (por ter completado 75 anos), e foi sucedido por dom Moacyr José Vitti, em 5 de julho do mesmo ano. Terminado seu ministério à frente da diocese, continuou a residir em Piracicaba. Em 2007, descobriu e iniciou a luta contra o câncer. Passou por quatro intervenções cirúrgicas, centenas de sessões de quimioterapia e de radioterapia.

Desempenhou diversos serviços em prol da Igreja no Brasil. Dom Eduardo Koaik foi presidente do Regional Sul – 1 da CNBB, entre 1991 a 1995. Por duas vezes, foi membro da Comissão Episcopal de Pastoral da entidade, respondendo, na primeira vez, pelo setor de Comunicação Social e, na segunda, pelo setor dos Leigos, das Comunidades Eclesiais de Base e da Pastoral Universitária. Foi ainda presidente da Cáritas Brasileira e fez parte da comissão episcopal indicada pela CNBB para acompanhar a Renovação Carismática Católica. Ele também integrou a Comissão de Comunicação da Conferência do Episcopado Latino-Americano (CELAM).

Criador da ‘Gina Indelicada’ é convidado para se reunir com representantes da marca

Criador da página “Gina Indelicada”, sucesso no Facebook, o estudante Ricck Lopes começou a colher os frutos do seu trabalho. O jovem, de apenas 19 anos, foi convidado para participar de uma reunião na próxima semana com representantes da marca de palitos, de acordo com o portal “G1”. 

Segundo o presidente do conselho de administração da empresa, Alfredo Rela Neto, Lopes irá tratar de projetos conjuntos, buscando divulgar ainda mais a marca pela internet. A página feita pelo estudante usa a imagem característica da empresa, o retrato da famosa Gina, que era avó de Neto.

O perfil deu certo devido às respostas afiadas aos questionamentos feitos pelos internautas. Em pouco tempo, “Gina Indelicada” tornou-se um hit na rede social, chamando assim atenção da própria empresa. A página já tem mais de 1 milhão de fãs no Facebook.

Após o primeiro contato dos representantes da companhia, Lopes confessou ter se assustado ao acreditar na possibilidade de ser processado. Entretanto, os diretores da empresa já deixaram claro que não pretendem punir o estudante pelo uso da imagem e sim utilizar a página para aproximar a marca de outras gerações.

                                                                                                                             Este texto foi retirado site do Yahoo! Notícias

Sal x pressão alta: descubra como não exagerar no consumo de sal em sua alimentação

O sal é imprescindível para o funcionamento do nosso organismo, é responsável pela regulação de água no organismo, armazena células no interstício e também é absorvido no trato gastrointestinal, sendo excretado pelos rins. Além disso, já foi considerado um grande inimigo para as pessoas que possuem pressão alta.
O sal ou cloreto de sódio está presente em quase todo o tipo de cardápio do brasileiro, nos queijos, molhos de tomate, comida congelada, fast food, biscoitos, em comida de restaurantes e supermercado. Mas é preciso ter cautela ao ingeri-lo.

A quantidade máxima de sal recomendada pelos médicos é de 2,4 gramas por dia, o equivalente a 6 gramas de sal. A cada nove gramas de sal ingerido, o corpo retém em média 1 litro de água. Na realidade, o grande problema não está só no sódio e sim, no cloreto. O sal de mesa, por exemplo, possui 40% de cloreto. O risco de consumir doses excessivas de sal é acabar desencadeando o aumento da pressão sanguínea e conseqüentemente a hipertensão, responsável pelo infarto e acidente vascular cerebral.

O abuso de sal pode acarretar uma série de graves doenças entre elas: AVC (derrames), insuficiência renal, câncer de estômago, pedras nos rins, diabetes, asma e osteoporose.

A pressão alta é o mais comum desses problemas. A genética também tem um grande peso, se no histórico familiar como avô, pai ou mãe sofrem de hipertensão arterial, provavelmente no futuro as gerações mais novas desencadearam a doença. Como os sintomas são menos perspectiveis, a pessoa só irá descobrir que tem pressão alta, quando começar a surgir dores de cabeça excessivas, falta de ar, visão turva, debilidade, sangramento pelo nariz, palpitações ou até desmaios.

Nos casos graves, a pressão alta pode provocar enfarte agudo de miocárdio, ou um derrame cerebral e até a morte de forma instantânea.

Uma alternativa para manter um equilíbrio do sal consumido é manter bons hábitos alimentares que pode ser considerado um fator preponderante para controlar a pressão arterial, alimentos ricos em cálcio e ingerir mais fibras e menos alimentos em gordura animal saturada. Manter o controle periódico de medir a pressão é um dos métodos de prevenção. É aconselhável não abusar do sal, caminhar, evitar o consumo de café e fumo.

 

Este texto foi retirado do site: Yahoo! Brasil

Sorrindo pra Vida – Firmes na fé diante das tribulações – 21/08/12

Apple bate recorde da Microsoft e fecha o dia avaliada em US$ 623 bi

 A gigante da informática norte-americana, Apple, alcançou nesta segunda-feira (20)
o maior valor de mercado de todos os tempos para uma companhia,
superando a máxima anterior alcançada pela Microsoft em 1999,
segundo levantamento da agência Standard and Poor’s (S&P).

O papel da Apple fechou em alta de 2,6%, a US$ 665,15.
Com isso, o valor de mercado da companhia chegou a US$ 623,515 bilhões.

PJ SHOW

Participe e nos ajude

Presidente do STF confirma voto “fatiado” do mensalão

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Brito, confirmou, nesta sexta-feira, 17, que o julgamento do mensalão terá votação por partes, chamada votação fatiada, conforme quer o ministro-relator, Joaquim Barbosa.

“Vai ser fatiado, de acordo com a metodologia adotada pelo ministro Joaquim Barbosa quando do recebimento da denúncia. Mesmo método, por capítulos”, disse Ayres Britto antes de participar da cerimônia de posse de procuradores federais que vão reforçar a Advocacia-Geral da União.

O formato do julgamento gerou polêmica entre os ministros na noite desta quinta-feira, 16. O voto do relator, Joaquim Barbosa, segue a sequência dos oito itens apresentados pela Procuradoria-Geral da União na denúncia, e ele quer que o plenário vote ao final de cada capítulo.

O revisor do processo, ministro Ricardo Lewandowski, separou suas considerações segundo a conduta de cada réu e defendeu que cada ministro leia seu voto por inteiro.

Na prática, isso poderia levar à situação de Barbosa terminar de ler trecho de seu voto, passar a palavra para o revisor e Lewandowski ler as mais de mil páginas de seu voto, sem interrupção. Dessa forma, ele se anteciparia ao relator, o que é vedado pelo regimento interno do Tribunal.

Ao ser questionado se a adoção do formato proposto por Joaquim Barbosa poderia impedir a participação do ministro Cezar Peluzo no julgamento de todos os réus, já que ele se aposenta no início de setembro, Ayres Britto evitou responder com precisão. “Não sei. Vai depender do andar da carruagem”.

Para mais informações ascese:     http://noticias.cancaonova.com

Entradas Mais Antigas Anteriores